in

Em vídeo antigo, novo ministro da Saúde defende que jovens têm prioridade em relação a idosos em tratamentos

Reprodução: Correio 24 Horas
Publicidade

Em meio à pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Ministério da Saúde, principal órgão responsável pelo combate ao avanço da doença, passou nesta quinta-feira (16), por uma situação de instabilidade.

O até então ministro da Saúde, médico e ex-deputado, Luiz Henrique Mandetta, foi oficialmente demitido pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro. Com a demissão, o nome do novo responsável pelo cargo foi divulgado, que agora passa a ser ocupado pelo também médico Nelson Teich.

Muito se cogita acerca do motivo que teria levado Bolsonaro a demitir Mandetta, sendo a maioria dos rumores relacionada ao fato de que eles tinham pensamentos divergentes em relação à eficácia do isolamento social, bem como seu devido cumprimento.

Publicidade

O novo líder do Ministério parece ter um pensamento semelhante ao que era esboçado por Mandetta, Nelson Teicher, constantemente, manifesta-se de modo favorável ao isolamento em sua página na rede social LinkedIN.

Publicidade

No entanto, um vídeo do novo ministro da Saúde está chamando a atenção dos internautas e vem repercutindo bastante, principalmente pelo fato de a declaração dada por ele ser considerada polêmica. Ao falar de uma situação em que estaria diante de um jovem e um idoso, ambos enfermos, Nelson Teich afirma que escolheria pela vida do primeiro por uma questão de economia.

Ao final da filmagem, o novo ministro diz que o dinheiro na saúde é muito limitado e esse tipo de escolha torna-se, constantemente, necessária.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade