in

Grêmio deve receber R$ 24 milhões por venda de jogador que não está nos planos de Renato

Lucas Uebel / Grêmio
Publicidade

Todos os dias surgem notícias de jogadores do Grêmio que estariam próximos de serem vendidos. As cifras envolvidas em supostas negociações de Pepê, Everton Cebolinha, Jean Pyerre e outros são sempre muito altas. Pepê, por exemplo, estaria na mira do Sevilla, da Espanha, e pode deixar o Tricolor.

Em meio a tudo isso, um outro jogador que pertence ao Grêmio pode deixar a equipe. Trata-se de Juninho Capixaba. O lateral foi emprestado ao Bahia depois de não ter tido um bom desempenho em 2019. Ele foi contratado para fazer sombra a Bruno Cortez, mas não conseguiu. Acabou saindo dos planos de Renato Portaluppi.

No Bahia, ele reencontrou o futebol e pode ser negociado. O Grêmio detém 60% dos direitos econômicos do atleta. O valor total é de 7 milhões de euros (cerca de R$ 39,4 milhões). Se fosse vendido por este valor, o Grêmio embolsaria R$ 23,6 milhões. O Bahia tem 30% dos direitos de Juninho Capixaba. Os outros 10% pertencem ao Corinthians.

Publicidade

O Porto, de Portugal, seria a equipe que tem Juninho Capixaba na mira. No momento, o Tricolor tem Caio Henrique e Cortez como os laterais pela esquerda. O primeiro tem contrato por empréstimo até o fim do ano e pertence ao Atlético de Madrid, para onde pode voltar na próxima temporada.

Publicidade

Goleiro Júlio César pode deixar o Grêmio?

Outro assunto do momento no Tricolor teria sido a suposta negociação do goleiro Júlio César. De acordo com o empresário do jogador, porém, a situação é diferente. Ele fica no Grêmio até dezembro, quando seu contrato termina. Júlio César tem 33 anos. O goleiro titular do Grêmio é Vanderlei.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br