in

Juntos há mais de 60 anos, idosos vítimas do coronavírus têm triste fim: ‘poucas horas de diferença’

Extra Globo
Publicidade

Diante do surto mundial do novo coronavírus, grande parte dos países adota medidas voltadas para a prevenção, que vão desde atos simples, como a correta higienização das mãos, até outros mais complexos, como o fechamento de aeroportos e fronteiras. Sendo também, cientificamente comprovada, a eficácia do isolamento social para evitar o contágio pelo vírus.

Um dos países que também aderiu ao isolamento foi o País de Gales que, juntamente com Inglaterra, Escócia e Irlanda do Norte, compõe o chamado Reino Unido. Segundo dados das autoridades de saúde dessa região, o número de mortos pelo coronavírus ultrapassa a quantia de 10 mil pessoas.

Entre essas vítimas está o casal de idosos composto por Bryn, de 86 anos, e Pat Howells, de 80. Juntos há muito tempo, recentemente, eles celebraram a linda história de amor ao completarem mais de 60 anos de união.

Publicidade

Por fazerem parte do grupo de risco da Covid-19, o casal de idosos optou por não sair de casa desde quando foi decretado o início da pandemia. No entanto, eles acabaram sendo infectados pelo coronavírus, foram levados para o hospital Royal Glamorgan e faleceram nesta segunda-feira (13).

Publicidade

Um fato bastante improvável, e que chama atenção, diz respeito à forma como ocorreu a morte de Bryn e Pat, tendo ambos os idosos falecidos no mesmo dia e com poucas horas de diferença. Ela veio a óbito às 2h da manhã e ele às 19h.

Outra circunstância triste referente aos últimos momentos do casal foi a proibição das visitas durante o tempo em que estavam internados, impedindo, assim, que vissem os filhos, netos e bisnetos para a despedida.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade