Lembra da bandeirinha Ana Paula? Ela posou para a Playboy e hoje tem trabalho de destaque

Leia também

Após deixar o Grêmio, Marinho reclama do Santos: ‘quatro meses que não recebo’

Atacante desabafou nas redes sociais, após ser criticado por torcedores do Peixe.

Atriz que faz grande sucesso no SBT tem o salário reduzido devido à crise do coronavírus

Angelique Boyer e diversos outros artistas tiveram o salário reduzido na Televisa devido a crise financeira da emissora, causada pelo COVID-19.

Lutador famoso morre após tentar salvar o filho de afogamento: ‘Um herói’

O corpo do ex-lutador da WWE Shad Gaspard foi encontrado nesta quarta-feira (20).

Viviane Araujo pede indenização de R$ 30 mil e processa esposa de seu ex

Viviane Araujo processou Caroline Furlan, atual mulher de Radamés Martins, com quem foi casada.
Diogo Marcondes
Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.
Publicidade

A ex-bandeirinha Ana Paula de Oliveira ficou muito famosa em todo o Brasil na primeira década deste século. A ex-assistente de arbitragem ganhou muito destaque ao atuar em partidas importantes do futebol brasileiro. Ela foi uma das primeiras mulheres e bandeirar jogos do futebol profissional masculino.

Entre as partidas importantes que ela atuou estão as finais do Campeonato Paulista, de 2003, entre São Paulo e Corinthians, 2004, entre São Caetano e Paulista, e 2007, entre São Caetano e Santos. Além disso, bandeirou as duas partidas das oitavas de final da Libertadores de 2006, entre São Paulo e Palmeiras; e a final da Copa do Brasil do mesmo ano, que colocou frente a frente Flamengo e Vasco.

Publicidade
Publicidade

Ana Paula ganhou ainda mais projeção quando posou como veio ao mundo na revista Playboy, em 2007. Neste mesmo ano, ela deixou o futebol. Ana Paula também participou da segunda edição do reality show A Fazenda, na Record TV. Ela também atuou em programas da emissora, como Esporte Fantástico e o Fala Brasil.

Publicidade

Atualmente, Ana Paula de Oliveira está longe dos holofotes. Ela trabalha como presidente da Comissão de Árbitros da Federação Paulista de Futebol (FPF). Ana Paula foi a primeira mulher a assumir tal cargo. Ela iniciou o trabalho no início deste ano.

Publicidade

No momento, Ana Paula tem desagradado os árbitros ao negar auxílio, em meio à pandemia, causada pelo novo coronavírus. Inclusive, há críticas contra ela em um texto publicado no site oficial do Sindicato dos Árbitros de Futebol do Estado de São Paulo (Safesp).
O presidente da entidade tem criticado a postura de Ana Paula e da FPF. Os árbitros recebem por partida. Como os jogos não estão disputando, eles estão sem salário.