in

5 situações de terror que muita mulher enfrenta todos os dias

Divulgação / Manteiga Derretida
Publicidade

Esses momentos unem todas as mulheres em uma sensação de mini infarto instantâneo. Impossível não se identificar com um ou todos esses momentos de terror. Na hora, seu mundo acaba! Mas, depois, é motivo para muita risada na roda de amigas.

Vai rolando essa notícia para baixo, pois é hora de perceber que não são apenas os homens que são todos iguais! Afinal, quem nunca?

Publicidade

1. O batom vermelho

Batom vermelho é peça chave para um look arrasador. Mas, para usar, não basta ter atitude, é preciso muita habilidade. Qualquer movimento em falso e a musa vira o palhaço da festa!

Publicidade

2. Make panda

Concentração para a hora do rímel, cuidado com cada cílio para ficar longo e volumoso. Aí… um espirro e você se transforma em um urso panda! Desespero puro!

Publicidade

3. Adrenalina de verdade

Quem nunca decidiu que era hora de mudar completamente o visual, não sabe o que é emoção de verdade! E o coração não dispara só na hora de ver o resultado. É adrenalina ao ver os cabelos ficando brancos e mais ainda ao tentar descobrir como o tonalizante deve agir em suas mexas. Nessa hora, um bom profissional faz toda a diferença!

4. Luta pelas unhas perfeitas

Unhas não se quebram em uma quarta-feira de trabalho ou naquele domingo de preguiça, reservado para assistir série. Essa é uma situação comum na véspera da balada mais aguardada do ano, no dia de um mega casamento ou da sua formatura ou naquela ocasião em que você estava há semanas cultivando as suas unhas perfeitas para compor o visual empoderada.

5. Desespero com a meia-calça

Sabe aquele look que ‘pede’ uma meia-calça? Então é óbvio que ela vai desviar justamente na hora de sair de casa. E, também, é nesse momento que você descobre que não tem outra para substituir a tempo de compor o look que você planejou. Solução: muda toda a roupa e até a maquiagem por conta dessa bendita. É muito desespero!

Escrito por Mayra Michel

Jornalista por formação e vocação. Apaixonada pelos desafios da escrita e pelo aprendizado diário do Português. Na caminhada da Comunicação desde 2004, ainda tem muito o que viver nessa profissão que "quem conhece, não esquece jamais" (sim, sou mineira!).