in

Jorge e Mateus são criticados: ‘Faturar em cima de uma epidemia é mesmo necessário?’

Reprodução/Youtube | Montagem: Rafael Ferreira
Publicidade

Com a quarentena vivenciada no Brasil, devido a precaução contra o novo coronavírus, shows artísticos tiveram que ser suspensos. Os cantores então, decidiram inovar com apresentações caseiras sendo transmitidas ao vivo para o país. Gusttavo Lima foi o primeiro sucesso, e depois veio Jorge e Mateus neste sábado (04) batendo recordes de visualizações.

A dupla sertaneja que faz sucesso nacionalmente, arrastando um mutirão de fãs por onde passam e fazendo os brasileiros se emocionarem com as suas músicas, foi alvo de duras críticas na web. Uma polêmica dos bastidores da transmissão ao vivo veio à tona. Foi compartilha nas redes sociais uma imagem que aparece um garçom com máscara facial, servindo bebidas nos bastidores do local onde foi gravado a live.

Publicidade

Publicidade

Na foto é nítido várias pessoas nos bastidores. Mesmo que precavidas com o uso de máscaras, a atitude não faz jus à recomendação imposta. O momento atual vivido requer um isolamento social e deve ser evitado a todo custo fazer aglomerações. Fernando Oliveira, jornalista do UOL, repreendeu a situação dos sertanejos e não pegou leve nas críticas.

“Legal que Jorge e Mateus fizeram live, mas e a foto de bastidor, com direito a garçom e um monte de gente aglomerada?”, começou a crítica, questionando o porquê os patrocinadores não ajudam diretamente a fundo da Covid-19.

Terminou dando uma dura na ação de Jorge e Mateus, levando à reflexão frente ao momento delicado que o país presencia: “Entretenimento é ótimo, mas faturar em cima de uma epidemia é mesmo necessário? Não pode ficar só na boa ação?”.

RAFAEL

Escrito por RAFAEL

Rafael Ferreira é um escritor apaixonado por jornalismo. Gosta de redigir notícias, levando entretenimento e cultura para seus leitores. Sinta-se à vontade para entrar em contato: rafael_ferreira_@live.com