in

Corinthians sofre ‘golpe’ da Globo e desfalque financeiro causa impacto

Arte Diogo Marcondes
Publicidade

O futebol brasileiro vive um momento complicado. Os jogos estão paralisados devido à pandemia causada pelo novo coronavírus e os clubes já reclamam da situação financeira, que já não era boa para alguns e pode ficar ainda pior sem partidas. 

O dinheiro da bilheteria já era caso certo de que não entraria. Sem jogos, sem renda. Mas os clubes começaram a perder também o dinheiro da TV. A Rede Globo não depositou para o Corinthians e as demais equipes, o dinheiro referente aos direitos de transmissão do Campeonato Paulista.

A emissora paga mês a mês e com a paralisação do futebol decidiu suspender os pagamentos. Cada clube grande de São Paulo receberia R$ 26 milhões pelo Campeonato Paulista. A parcela será paga se o torneio voltar. O grande problema é que isso não deve acontecer.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O Paulistão terminaria em abril. Em maio começaria o Campeonato Brasileiro. Não se sabe quando os jogos retornarão e há dúvidas sobre o sistema de disputa do Brasileirão. Há quem fale em torneio de único com mata-mata. Nada está definido até o momento.

Sem datas, os Estaduais seriam cancelados e poderiam ter ou não campeões, de acordo com a decisão de cada federação. O Corinthians corre o risco de ser eliminado na primeira fase. Antes da paralisação, ocupava a terceira posição em seu grupo.

Além de não receber o dinheiro da TV, o Corinthians perdeu dois patrocinadores em meio à crise. A Marjosports, presente no uniforme, deixou o clube. A Orthopride, que aparecia nas redes sociais, placas e CT também anunciou a saída. Duas fontes de renda a menos neste momento difícil.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!