in

‘Infelizmente teremos perdas neste caminho’, assume Bolsonaro em pronunciamento polêmico

Reprodução TV Globo
Publicidade

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, decidiu fazer um novo pronunciamento em relação ao combate ao novo coronavírus no Brasil. A pandemia tem se alastrado cada vez mais e deixado rastros onde passa. No país tupiniquim, já foram registradas muitas mortes e preocupa a população.

Bolsonaro defende que a economia não pare totalmente por um possível “colapso econômico” após a pandemia. Na transmissão do novo pronunciamento, brasileiros fizeram ‘panelaço’ contra o presidente em seus oito minutos de fala na TV e rádio aberta.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O presidente da República afirmou que os empregos devem ser preservados e citou o auxílio que o Governo dará para trabalhadores autônomos, no valor de R$ 600. Bolsonaro, no entanto, defende que o Brasil deva voltar em breve e “mais forte”.

Uma hora vai embora“, disse Bolsonaro, sobre o novo coronavírus. Durante o pronunciamento, o presidente citou que não há uma vacina contra a doença Covid-19 e nem um remédio com eficácia comprovada, mas ressalta a empolgação com resultados de testes com a hidroxicloroquina.

Infelizmente teremos perdas neste caminho“, disse o presidente da República, que revoltou muitos ao ser acusado de ter distorcido uma fala do diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom.

Bolsonaro disse que o diretor havia declarado que os países deveriam decidir de acordo com suas convicções como agirem em relação a economia neste momento de quarentena. As recomendações da OMS, entretanto, são para que todos fiquem em casa, se possível, e que só funcionem serviços essenciais.

Tedros Adhanom publicou nas redes sociais que os mais pobres devem ser beneficiados com políticas sociais.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Bruno Avila

Escrito por Bruno Avila

Redator de futebol, política e famosos desde 2016. Hoje um dos redatores mais lidos do 1News Brasil. Fique à vontade para falar comigo: [email protected]