in

Bolsonaro vira ‘malvado favorito’ do Jornal Nacional, que ‘bate’ nele por 45 minutos

G1 / Montagem
Publicidade

O jornalista Jeff Benício fez uma espécie de análise sobre como tem sido a cobertura da TV Globo nos últimos dias. Com o coronavírus, vários telejornais da emissora passaram a serem mais longos. Além disso, as críticas da emissora ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, também foram ficando mais fortes. 

Só na quarta-feira, 25 de março, por exemplo, o Jornal Nacional dedicou incríveis 45 minutos falando mal do presidente. As críticas foram tantas que, no dia seguinte, portais falavam em um possível impeachment do presidente. A Folha de São Paulo, por sua vez, falou na renúncia de Bolsonaro. Já neste sábado, 28 de março, o clima de críticas a Bolsonaro reduziu  com a pressão de empresários que pensam igual ao presidente. 

O Jornal Nacional, que tem registrado médias acima de 35 pontos nos últimos dias, contestou as opiniões do presidente,  que virou uma espécie de  “Malvado favorito’ da Globo. Criticar o presidente tem ajudado a Globo a ficar em primeiro no Ibope. No entanto, outros canais também tem mostrado certo crescimento tem tempos de quarentena. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O Grupo Globo, como mostra a reportagem de Jeff Benício, também tem dedicado tempo parecido para as falas contra Bolsonaro na TV a cabo. No mesmo dia analisado, segundo o colunista do portal de notícias Terra, o Jornal das 10, da Globo News, que tem duas horas de duração, usou boa parte desse tempo contra Bolsonaro. 

Incrivelmente, Bolsonaro não parece estar ligando. Ele, pelo contrário, mantém as opiniões, porém deixou os governadores agirem em relação ao coronavírus. 

Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.