in

Adolescente de 18 anos morre com suspeita de Covid-19 e pode ser 1ª vítima de MG

Divulgação/OTempo
Publicidade

A pandemia do coronavírus tem mudado a rotina das pessoas no mundo inteiro. A quarentena foi adotada por vários países, numa tentativa de evitar a disseminação tão rápida da doença. Infelizmente, a situação é crítica em várias localidades do mundo, como a Itália e a Espanha.

No Brasil, o número de pessoas que morreram pela doença tem crescido de forma rápida. Já são quase 80 mortos e quase três mil casos confirmados. De acordo com os especialistas, a forma mais grave da doença costuma atingir o público mais velho, com idade acima de 60 anos e também portadores de doenças crônicas.

A capital mineira, Belo Horizonte, pode ter registrado o primeiro caso de óbito devido à pandemia do coronavírus. Um jovem de apenas 18 anos morreu na última quarta-feira, 25 de março, com todos os sintomas que indicam que pode ser a infecção causada pelo novo vírus. O paciente estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Infantil São Camilo, que fica localizado na região Leste da cidade.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A unidade já encaminhou de amostras do adolescente e está aguardando a resposta para descartar ou confirmar a suspeita pela contaminação do coronavírus. Ainda não se sabe quando o resultado do exame será publicado. A Unimed-BH, empresa que é responsável pela administração do Hospital São Camilo, disse que o jovem morreu com um quadro grave de Síndrome Respiratória Aguda.

O caso do adolescente está entre as mortes suspeitas que já foram notificadas ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs-MG). A SES-MG ainda não se pronunciou sobre o óbito, que está sendo investigado. O órgão apenas frisou que o balanço epidemiológico sobre a Covid-19  é publicado todos os dias e, até o dia 26 de março, Minas ainda não teria nenhuma morte confirmada.

Publicidade
Publicidade