in

Bolsonaro afirma que governantes estaduais e municipais devem indenizar trabalhador

Divulgação/Veja
Publicidade

O presidente da República, Jair Bolsonaro, deixou claro que não é a favor do confinamento, que tem sido imposto pelos governantes dos estados brasileiros. Inclusive, ele acredita que o isolamento social não passa de exagero e chegou a dizer que o coronavírus, se chegar até ele, não passaria de um “resfriadinho ou gripezinha“.

O pronunciamento feito pelo presidente deixou várias pessoas indignadas, mas também teve muitos que concordam com seu posicionamento. Entre tantas falas polêmicas, nesta quinta-feira, 26 de março, Jair Bolsonaro disse que o brasileiro é capaz de pular no esgoto sem que nada aconteça.

A declaração foi feita após o presidente ser indagado se o país chegará à situação dos Estados Unidos, que acabou se torando o local com maior número de casos da enfermidade no mundo. Atualmente, o país já tem 82 mil pessoas infectadas com o novo coronavírus e já soma mais de mil pessoas mortas, vítimas da Covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

De acordo com Bolsonaro, muitos brasileiros já teriam sido infectados com a doença e adquiriram anticorpos. Por esse motivo, ele chegou a afirmar que esse detalhe ajuda a não proliferar a enfermidade. “Brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Você vê o cara pulando em esgoto ali, sai, mergulha, tá certo? E não acontece nada com ele.” disse o presidente.

O posicionamento do presidente vai contra as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que tem recomendado que as pessoas não saiam de casa, pois essa seria a melhor forma de tentar conter a disseminação da COVID-19.

Indenização por paralisação

O presidente já deixou claro que não concorda com o isolamento social. Durante uma entrevista nesta sexta-feira, 27 de março, ele disse que os prefeitos e governadores devem pagar indenização ao trabalhador por terem decretado o fechamento do comércio.

Bolsonaro ainda faz menção a um artigo da CLT, que aborda o assunto. Contudo, como se trata de algo sem precedentes, a situação precisará de muito debate sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade