in

Bolsonaro minimiza coronavírus: ‘Brasileiro pula no esgoto e não acontece nada’

Extra
Publicidade

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a minimizar os impactos do coronavírus, ao ser confrontado com o aumento de número de casos nos Estados Unidos, que costuma a ser um país referência para o político. Bolsonaro, no entanto, não mostrou preocupação que o Brasil viva um caos em meio à pandemia de coronavírus e explicou que o brasileiro merece ser estudado, por supostos anticorpos mais fortes que os dos estrangeiros.

Os Estados Unidos passaram a China e a Itália e hoje são o centro da pandemia, tendo mais de 80 mil casos da doença. “Eu acho que não vai chegar a esse ponto – respondeu o político, que está sem partido no momento. – Até porque o brasileiro tem que ser estudado. Ele não pega nada. Você vê o cara pulando em esgoto ali, sai, mergulha, tá certo? E não acontece nada com ele”, garantiu o presidente do Brasil, que tem sido muito criticado em meio à pandemia. 

Segundo o presidente, muitos brasileiros já podem estar infectados com a doença, mas não estariam passando  a doença por seus anticorpos já serem fortes. A fala do presidente não tem qualquer embasamento científico. Pelo contrário, os médicos ficam preocupados, justamente, com os pacientes assintomáticos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Isso porque eles continuam a vida normal e acabam proliferando a doença. Aliás, a recomendação geral do Ministério da Saúde continua sendo o confinamento. 

O povo brasileiro necessita ser urgentemente sanitarizado deste sujeito. A cada dia desrespeita mais e ,mais a população. Deve ser interditado imediatamente”, disse um dos internautas ao comentar a posição do presidente da república.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.