Governo poderá cortar 25% no salário de trabalhadores pra compensar gastos com coronavírus

Leia também

Vasco apresenta nova camisa em ‘live’ e arrecadação será revertida ao novo CT e hospital

O clube criou nova iniciativa com o intuito de gerar renda para a construção do novo centro de treinamento.

Ronaldinho desembolsa milhões e deixa cadeia no Paraguai pela porta da frente

Ex-craque do futebol mundial e seu irmão, Roberto Assis, deixarão prisão no Paraguai.

Bebê nasce com cara de brava e pais se divertem: ‘não queria nascer na quarentena’

Criança nasceu em meio à pandemia do novo coronavírus e vira sensação nas redes sociais.

Maicon recorda imitação de galinha contra o Corinthians: ‘eu faria de novo’

Ex-zagueiro do Tricolor recebeu ameaças contra seu pai e sua mãe após gesto em clássico.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

A pandemia causada pelo novo coronavírus continua fazendo milhares de vítimas diariamente no mundo todo e o Brasil já está sentindo os efeitos em sua economia. Com milhões de trabalhadores em casa, muitas empresas já dão como certas as demissões muito em breve, sendo que muitas irão decretar falência.

O governo brasileiro vem trabalhando em uma PEC – Proposta de Emenda à Constituição, prevendo uma redução de 25% nos salários e também na jornada de trabalho, mas a princípio isto aconteceria apenas com os servidores públicos federais de todos os Poderes.

Publicidade

O dinheiro economizado poderia ser usado pelo governo para realizar ações de combate ao novo coronavírus e também socorrer o sistema de saúde que já enfrenta uma sobrecarga em várias partes do país.

Publicidade

Rodrigo Maia, presidente da Câmara, vem pressionando o governo para que apresente uma proposta de reequilíbrio fiscal diante da crise econômica que vem se instalando no Brasil devido a esta pandemia. Caso esta PEC que vem sendo preparada pelo Planalto for enviada ao Congresso e os parlamentares aprovarem, ela entra em vigor imediatamente e os salários terão redução até o fim de 2024.

Publicidade

Porém, esta redução no salário não seria válida para aqueles funcionários públicos que ganham valores reduzidos. Também não valeria para municípios e estados. Até parlamentares e juízes podem entrar nesta medida e terem os salários reduzidos.

Trabalhadores brasileiros estão preocupados com o futuro do país e é grande a preocupação com o aumento de demissões nos próximos dias ou semanas. Algumas empresas estão correndo contra o tempo para se adaptarem a esta nova realidade, mas nem todas estão conseguindo.