Presidente Jair Bolsonaro dá sinal verde para liberar benefício de R$ 300 aos brasileiros

Leia também

10 provas de que Renata Fan é uma das apresentadoras mais lindas e exuberantes do mundo

A apresentadora esportiva é um dos grandes destaques na emissora Bandeirantes.

Número de bebês abandonados aumenta durante a pandemia e causa dor moral

Nas últimas semanas aumentou o número de bebês abandonados e situação é explicada.

Pai de Fernando Rocha é vítima do novo coronavírus; apresentador desabafa

O apresentador que já foi da TV Globo desabafou após seu pai e seu filho serem infectados pelo novo coronavírus.

Tatá Werneck se cansa de julgamentos e explica por que não publica mais fotos da filha

Tatá Werneck explica os motivos de ter dado uma pausa nas publicações de Clara Maria.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

Com o avanço da pandemia causada pelo novo coronavírus, muitos brasileiros estão dentro de casa sem ter como sair para trabalhar e seguem desesperados porque não têm como arcar com as despesas e sustentar a família.

Para socorrer estas pessoas, o governo estuda a criação de um auxílio emergencial para os trabalhadores informais e também a antecipação de uma parte do BPC – Benefício de Prestação Continuada, para aqueles que estão aguardando na fila do INSS e possam ser inseridos no projeto de lei que segue em tramitação na Câmara dos Deputados.

Publicidade

Esse projeto pode ser votado ainda nesta quinta-feira (26), mas nada ainda foi confirmado. Jair Bolsonaro já deu sinal verde para que o valor deste benefício que antes era citado como sendo de R$ 200, vá para R$ 300, pelo menos é o que informou alguns integrantes da equipe econômica.

Publicidade

Alguns deputados e senadores acham que este valor deveria ser de pelo menos R$ 350

Eduardo Barbosa é autor do projeto que visa fazer algumas mudanças neste benefício. No texto original era tratado o critério para ter acesso ao BPC. A votação poderá acontecer após um acordo entre o governo, Câmara e o TCU – Tribunal de Contas da União.

Publicidade

De acordo com a proposta feita, o critério para conceder o BPC seria para famílias que tenham renda mensal de no máximo R$ 261,25 por pessoa, ou seja, 25% do salário mínimo. Existe a possibilidade desse limite ser elevado para R$ 522,50 por pessoa, o que seria equivalente à metade do salário mínimo.

Para a equipe econômica, o projeto de lei poderá trazer medidas emergenciais que ajudarão a combater os impactos econômicos do novo coronavírus e ajudar o brasileiro a se recuperar desta crise.