in

Bolsa família: governo vai reforçar o programa com R$ 3 bilhões

G1
Publicidade

O coronavírus tem provocado uma grande onda de caos em vários países. Devido ao período de quarentena, recomendado pela Organização Mundial da Saúde, o comércio precisou ser fechado a fim de tentar evitar a disseminação da doença, que está afetando pessoas de todas as idades.

Diante das circunstâncias, o governo tem tido que criar medidas para evitar o caos, já que sem comércio, muitas famílias não conseguem adquirir renda para a sobrevivência. Uma das medidas foi o benefício de R$ 200,00 por três meses a trabalhadores de baixa renda que sejam informais, autônomos e desempregados.

Nesta quarta-feira (25/03), o Ministério Público publicou uma nota, através de Diário Oficial da União, afirmando que liberou R$ 3 bilhões que serão destinados ao programa Bolsa Família para ajudar nesse momento de pandemia. Além disso, o Ministério da Cidadania revelou que suspenderá o bloqueio e o cancelamento do benefício por 120 dias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Além da verba destinada ao Bolsa Família, o governo liberou ainda R$ 100 milhões para ações no enfrentamento da covid-19, R$ 62 milhões destinados às Relações Exteriores e R$ 220 milhões para a Defesa. Na totalidade, o Ministério Público afirmou que serão R$ 3,4 bilhões em gastos extras devido ao momento de crise por causa da pandemia.

Até o momento, o governo não revelou se irá ou não cancelar a quarentena. No último pronunciamento do presidente Jair Messias Bolsonaro, ele deixou claro que apoia o fim do período e o retorno dos trabalhadores ao seus respectivos serviços.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn