Morre jovem de 21 anos vítima de coronavírus; ela não tinha histórico de doenças

Leia também

Carlinhos prevê novas tragédias; vidente Mestre José vê queda de Bolsonaro e revela novo presidente

Os dois videntes apareceram em um vídeo no YouTube e surpreenderam com previsões trágicas para o Brasil

Tiago Nunes fora? Saiba o que ainda o mantém no Corinthians em meio a crise

Treinador teria desagradado a diretoria com declarações dadas em entrevista na TV.

Pepê é zoado por causa do Big Brother Brasil e parte pra discussão contra torcedor

O jogador do Grêmio fez campanha pela permanência de Felipe Prior no BBB20, prometendo até o sorteio de uma camisa autografada.

Santos abre conversas por Robinho e depende apenas de um acerto para a contratação

O Peixe não esconde o desejo de repatriar o brasileiro, mas há pendências a serem resolvidas para o sucesso do negócio.
Publicidade

O coronavírus tem feito vítimas fatais em diversos países, causando uma enorme preocupação mundial, principalmente entre os órgãos de administração da saúde, como OMS. Alguns acreditam que o vírus mata apenas pessoas acima de 60 anos e tem efeitos mais leves em jovens, mas isso não é verdade, de acordo com informações divulgadas recentemente dos jornais britânicos.

Apesar da maioria dos casos de óbitos por Covid-19 registrados serem de idosos, a doença também atinge bruscamente pessoas de menos idade, chegando até a matá-las, como aconteceu com uma jovem britânica de apenas 21 anos de idade, cuja morte causou comoção nas redes sociais.

Publicidade

Chloe Middleton morava em Buckinghamshire, um condado que fica localizado no sul do Reino Unido, na Inglaterra. De acordo com informações fornecidas por sua família, ela não tinha problemas de saúde pré-existentes, como em grande parte dos casos de óbito por coronavírus.

Através das redes sociais, Diane Middleton , mãe da vítima, escreveu um desabafo comovente: “Para todas as pessoas que pensam que é apenas um vírus, pense novamente falando de uma experiência pessoal que esse chamado vírus tirou a vida da minha filha de 21 anos“, disse. Muitos internautas deixaram mensagens de apoio para a mulher.

Publicidade

Chloe veio a se tornar a pessoa mais jovem no Reino Unido a falecer devido a Covid-19, de acordo com o Daily Mail. Antes, os jornais britânicos haviam mencionado a morte de um jovem de 18 anos, mas foi constatado que ele não havia falecido por causa do coronavírus e que tinha outros problemas de saúde.

Publicidade