in

Grêmio estuda futuro de destaque que não teve espaço com Renato

Divulgação Grêmio
Publicidade

Phelipe Megiolaro tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2022. O goleiro que foi revelado pelas categorias de base do Tricolor tem multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 275,7 milhões) para vendas ao exterior e R$ 54 milhões para vendas dentro do Brasil. O valor é muito alto para um goleiro.

O arqueiro do Tricolor vem se destacando nas categorias de base e é presença garantida nas seleções de base. Em janeiro, por exemplo, ele disputou o Pré-Olímpico. A seleção brasileira garantiu vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, recentemente adiado.

Esperava-se que neste ano Megiolaro tivesse mais oportunidades para jogar na equipe comandada por Renato Portaluppi, mas a ida à seleção brasileira atrapalhou a pré-temporada do atleta. Além disso, o Grêmio contratou Vanderlei, ex-Santos, que chegou e assumiu a titularidade.

Publicidade

Vanderlei era destaque do Santos até ir para a reserva, no ano passado, por decisão do treinador Jorge Sampaoli. No fim do ano, o goleiro foi negociado com o Grêmio e assumiu a posição de titular na equipe de Renato Portaluppi.

Publicidade

A concorrência para Phelipe é muito grande e a diretoria do Grêmio estuda o futuro do jovem jogador. Um empréstimo do goleiro, para uma equipe onde ele seja titular e jogue com frequência, não está descartada. Equipes grandes costumam fazer esse tipo de coisa para que seus atletas mais novos tenham oportunidade de adquirir experiência.

Os jogadores do Grêmio estão em casa, devido à pandemia do novo coronavírus, que paralisou o futebol brasileiro. Ainda não há previsão de quando o futebol vai voltar à normalidade no Brasil e no mundo. Estaduais podem ser cancelados em definitivo.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br