Vídeo: Caiado detona o presidente Jair Bolsonaro e é aclamado nas redes sociais

Leia também

Pai, mãe e seus 11 filhos são infectados com coronavírus: ‘Foi um momento difícil’

De acordo com a mídia local, a mãe das crianças foi a primeira infectada com o vírus.

Esta garota de 11 anos vai casar, a família sabe e o motivo vai te fazer chorar

O consentimento da família mostra o motivo dela estar em prantos e a nobre atitude.

Afiliada da Rede Globo anuncia crise com coronavírus e corte de 25% de salários

A afiliada da Rede Globo que tem sede em Salvador, a Rede Bahia anunciou que vai cortar salários.

5 profissões inusitadas que você nunca imaginou

Esses trabalhos surreais farão você pensar como alguém precisa executar tal serviço e ninguém nota.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

Ronaldo Caiado, governador de Goiás, está na lista dos apoiadores de Jair Bolsonaro, mas pelo visto ele rompeu com o presidente após o pronunciamento de ontem à noite. O goiano já avisou que não tem mais conversa com Bolsonaro e que o estado não seguirá as determinações do governo federal em relação ao combate do novo coronavírus.

As decisões do presidente da República no que diz respeito à área de saúde e ao coronavírus não alcançam o estado de Goiás“, disse Caiado em uma entrevista coletiva nesta quarta-feira, dia 25. O governador afirmou que todas as decisões para o estado de Goiás partirão dele e ‘por decisões lavradas pela Organização Mundial da Saúde’.

Publicidade

Vale ressaltar que Ronaldo Caiado é médico e fez duras críticas ao pronunciamento do presidente a respeito dos impactos econômicos causados pela pandemia. Para o governador de Goiás, o discurso de Bolsonaro foi ‘totalmente irresponsável’.

Publicidade

O governador ainda disse que não vai admitir que o presidente da República lave as mãos e comece a responsabilizar os outros por um colapso econômico no Brasil, pois esta não é a postura de um governante.

Um estadista tem que ter coragem de assumir as dificuldades. Se existem falhas na economia, não tente responsabilizar outras pessoas, assuma sua parcela“, declarou Caiado que está com seu nome entre os assuntos mais comentados do Twitter na tarde de hoje.

Muitos internautas elogiam a coragem do governador de Goiás em romper com o presidente e tomar a atitude que seria a mais adequada neste momento.