in

Fernando Haddad afirma que Bolsonaro apostou vidas e a própria presidência com discurso

Metropoles
Publicidade

O advogado, ex-prefeito de São Paulo e segundo colocado nas eleições presidenciais de 2018, Fernando Haddad, falou sobre o pronunciamento do presidente da República. De acordo com Haddad, Jair Bolsonaro apostou não só vidas, mas também a presidência no pronunciamento.

O político do PT (Partido dos Trabalhadores) ainda salientou que seja qual for o desfecho desse pronunciamento (morte ou fim do mandato), vai custar um preço alto ao país. A afirmação do operador de direito é que se eventualmente o presidente vier a cair no futuro por culpa de suas próprias palavras, o país perde porque fica estagnado passando por outro processo de impeachment. E quanto as mortes, nem há o que se falar, porque perde a população e também os cofres públicos com a contenção e tratamento contra o vírus.

Além de incentivar que as pessoas voltem a trabalhar, saiam do isolamento e que escolas reabram, o presidente também acusou a imprensa de gerar pânico sobre a pandemia, ao qual voltou a chamar de gripezinha.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Vale salientar que o coronavírus pode não ter sintomas ou conferir sintomas leves em jovens saudáveis (que não possuem doenças crônicas), mas isso não blinda nenhuma pessoa com menos de 40 anos de ter uma complicação, bem como um jovem assintomático pode transmitir a doença para alguém do grupo de risco, que por sua vez, poderá ter complicações e até chegar ao óbito.

Atualmente, existe um pedido de impeachment contra o presidente protocolado na Câmara dos Deputados, mas existe o risco de com o criticado pronunciamento, muitos outros aparecerem na mesa de Rodrigo Maia, um dos políticos que criticaram o discurso do chefe de Estado e que tem o poder de analisar e decidir se aceita ou não uma petição desse tipo para uma futura votação de acordo com o previsto em lei.

Publicidade
Publicidade
Guti M

Escrito por Guti M

Redator de entretenimento e curiosidades