Coronavírus: primeira morte fora do Sudeste é registrada e preocupação aumenta

Leia também

Prefeito tenta acalmar a população sobre coronavírus: “todos nós seremos contaminados”

Prefeito do município de Limeira tenta acalmar a população pela pandemia do coronavírus.

O que o segurança de Bolsonaro fez com a equipe da Globo é surpreendente

Profissional surpreendeu apoiadores de Bolsonaro e solicitou respeito aos jornalistas que ali trabalhavam.

Kelly Key deixa filha cortar seu cabelo em live e surta com resultado

Através de uma live Kelly Key e sua filha fizeram alguns procedimentos de beleza.

Grêmio pensa em fórmula ‘Paulo Nunes’ para reforçar equipe em meio à crise

Efeitos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus devem afetar negócios do futebol.
Rafael
Rafael Ferreira é um escritor apaixonado por jornalismo. Gosta de redigir notícias, levando entretenimento e cultura para seus leitores. Sinta-se a vontade para entrar em contato: rafael_ferreira_@live.com
Publicidade

A pandemia do novo coronavírus se disseminou pelo mundo inteiro, tendo começo na China. No Brasil, foi confirmada a primeira morte da doença fora da região Sudeste do país, e a preocupação aumenta, requerendo mais atenção da população para as práticas de prevenção.

Publicidade

O óbito aconteceu em Manaus, capital do estado do Amazonas. O paciente tinha 49 anos de idade e era portador de hipertensão arterial sistêmica, fator que, o colocava no grupo de risco da doença, desempenhando um papel fatal junto com o vírus.

Publicidade

As informações foram confirmadas pela Susam (Secretaria de Estado de Saúde do Estado). A pessoa era natural de Parintins, que fica a aproximadamente 400 km da capital do estado.

Ao começar se sentir mal, foi internado na capital de Manaus neste sábado (21). No dia seguinte, sofreu uma parada cardiorrespiratória, sendo socorrido a tempo e estabilizado. Na terça-feira (24), o quadro do paciente agravou, levando-o a morte no período noturno.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) atenta para as precauções a serem tomadas com a finalidade de evitar ainda mais a disseminação do vírus. Dentre elas, está o isolamento social, evitar abraços e beijos e higienizar as mãos.

Os números no Brasil e no mundo

De acordo com os dados divulgados pelas Secretarias Estaduais de Saúde, o Brasil contabiliza, até o momento, 2.276 infectados pela Covid-19 e 47 mortes, sendo 40 delas no estado de São Paulo. Segundo a OMS, a doença já contaminou 372 mil pessoas no mundo, fazendo 16.231 vítimas fatais.

 

Publicidade