Sem medo do coronavírus, homem lambe embalagens no mercado e sofre duro castigo

Leia também

Prefeito tenta acalmar a população sobre coronavírus: ‘Todos nós seremos contaminados’

Prefeito do município de Limeira tenta acalmar a população pela pandemia do coronavírus.

O que o segurança de Bolsonaro fez com a equipe da Globo é surpreendente

Profissional surpreendeu apoiadores de Bolsonaro e solicitou respeito aos jornalistas que ali trabalhavam.

Kelly Key deixa filha cortar seu cabelo em live e surta com resultado

Através de uma live Kelly Key e sua filha fizeram alguns procedimentos de beleza.

Grêmio pensa em fórmula ‘Paulo Nunes’ para reforçar equipe em meio à crise

Efeitos da crise causada pela pandemia do novo coronavírus devem afetar negócios do futebol.
Henrique
Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.
Publicidade

Um homem de 26 anos decidiu aproveitar o caos generalizado por conta da pandemia pelo novo coronavírus para fazer uma brincadeira pelas redes sociais. Ele se filmou e publicou na internet um vídeo no qual aparece lambendo embalagens de mercadorias dentro de um supermercado. Em determinado momento, questiona em tom irônico e afrontoso: “quem tem medo de coronavírus?”.

O caso foi registrado no estado de Virgínia, nos Estados Unidos. A exibição de coragem do rapaz, entretanto, durou pouco tempo. Ele foi identificado pelas autoridades locais e detido por policiais americanos. A partir de agora, terá uma grande dor de cabeça pela frente, pois passará a responder por terrorismo.

Publicidade

Identificado como Cody Pfister, o autor do vídeo gravou as imagens em uma unidade da rede Walmart no estado. Logo que caiu na internet, o conteúdo se tornou viral, rendendo denúncia de várias localidades dos Estados Unidos. As imagens tomaram tamanha proporção que acabaram indo ultrapassar as fronteiras do país norte-americano, recebendo denúncias também vindas da Europa, de países como Holanda e Reino Unido.

Os Estados Unidos está sofrendo com um rápido aumento nos casos de pacientes infectados pelo coronavírus, e especialistas fazem previsões de que em pouco tempo o país se tornará o epicentro global da contaminação. O departamento de polícia do estado da Virgínia disse que o rapaz era um morador local, e que tomou a decisão de gravar o vídeo com “más intenções”.

Publicidade

“Levamos essas queixas muito a sério e gostaríamos de agradecer a todos os que relataram o vídeo para que o problema pudesse ser resolvido”, comentou a polícia em nota oficial.

Publicidade