Após quarentena por causa do coronavírus, cidades registram recorde de divórcios

Leia também

Bolo gelado de coco fácil, rápido e barato; dá até para ganhar um dinheirinho extra

Que tal usar suas habilidades na cozinha para levantar aquele dinheirinho extra? A dica de hoje garante sucesso de vendas!

‘Meu marido com HIV se casou com minha filha e eles me expulsaram’, diz mãe

A história da mulher se tornou conhecida depois que ela foi entrevista na televisão.

Bananas caramelizadas com creme em tacinhas individuais é a melhor pedida para o final de semana

Aquela sobremesa de Domingo baratinha e deliciosa que vai fazer tanto sucesso na família e todo mundo vai pedir a receita!

Vidente revela se finalmente Bolsonaro vai demitir Mandetta e faz mais previsões

Através de novo vídeo vidente comenta sobre a política e se presidente demite ministro da Saúde.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

Xi’an é capital da província de Shaanxi, que fica na região central da China. Algo curioso aconteceu por lá nas duas últimas semanas. É que a população precisou ficar de quarentena, todos em casa por causa do coronavírus e, depois disso, foi registrado um recorde de pedidos de divórcio.

A região conta com mais de 12 mil habitantes e, desde o dia 1º de março, quando foi o fim do confinamento no país, que os pedidos de divórcio dispararam. Uma reportagem feita pela BBC Brasil mostrou que são tantos casais querendo se separar que em vários cartórios já não tem mais horário para atender as pessoas, por isso estão pedindo que retornem daqui há algumas semanas.

Publicidade

Nós começamos a receber alguns telefonemas para marcar um horário no dia 2 de março, e mais marcações surgiram para os próximos dias“, contou a funcionária de um cartório em Xi’an, em uma entrevista concedida a um jornal chinês.

Publicidade

Os cartórios estão no limite de consultas estabelecidos, só que há muitos casais determinados a não continuarem juntos. Wang, funcionária do cartório, contou que tantos divórcios devem ser por causa da quarentena, já que os casais precisaram ficar por um longo período juntos em casa.

Publicidade

Esse mesmo problema vem sendo registrado no município de Yanta, onde um oficial contou que são vários divórcios sendo realizados todos os dias e que a agenda para as próximas semanas está lotada.

Nas redes sociais, a notícia acabou sendo vista com bom humor e logo surgiram os primeiros memes. A BBC informou que há outras cidades na China registrando recordes de divórcio. Porém, especialistas alegam que não há como dizer com segurança que as separações são em decorrência da quarentena, uma vez que os cartórios ficaram fechados por algumas semanas e quando reabriram se depararam com um ‘acúmulo de trabalho’.