in

Após doar R$ 2,5 milhões ao SUS, Eduardo Costa detona famosos: ‘Bando de vagabundos’

Reprodução/SBT
Publicidade

Eduardo Costa botou a boca no trombone e mandou um recado em tom de indignação para parte da classe artística do país. O cantor sertanejo doou R$ 2,5 milhões para o SUS, tendo em vista os esforços do país para o combate da pandemia causada pelo novo coronavírus. Na sequência, demonstrou irritação diante dos famosos que, enquanto estão com as contas bancárias abarrotadas de dinheiro, nada fazem em prol da sociedade neste momento de crise.

O que mais revoltou Eduardo Costa foi o fato de alguns famosos saírem pelas redes sociais “batendo palminhas” e elogiando os trabalhadores da área da saúde, embora não façam nada de concreto para realmente ajudarem neste momento de dificuldade. Em tom de retaliação, chegou a dizer que palmas não põe comida na mesa de ninguém.

Publicidade

“Bater palminha na frente da internet pra fazer graça pra seguidor não adianta porcaria nenhuma. Isso não põe comida na mesa. Isso não (lhes) dá um carro bom. Isso não paga escola dos filhos deles, não”, disparou Eduardo Costa, citando apresentadores que haviam tomado tal atitude, como Luciano Huck (Globo) e Rodrigo Faro (Record).

Publicidade

O vídeo em que Eduardo Costa faz um longo desabafo conta com cerca de 17 minutos e está se espalhando de maneira viral pelas redes sociais, YouTube e aplicativos de mensagens. O sertanejo ainda fala em “bando de vagabundos”, e dispara ataques contra a companhia Vale, em alusão a tragédia de Brumadinho.

Publicidade

De acordo com a coluna de Ricardo Feltrin, no portal UOL, o vídeo caiu como uma bomba no meio artístico, e deixou os famosos mencionados magoados com os ataques. Os citados ainda não se pronunciaram sobre o episódio.

Publicidade
Henrique

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.