Flamengo espera resultado de deliberações para liberar jogadores

Leia também

Mãe de quadrigêmeos ‘milagrosos’, vereadora morre vítima do novo coronavírus

A vereadora de 39 anos morreu vítima do novo coronavírus na última segunda-feira (6).

BBB20: confira o cronograma da reta final do reality show

Big Brother Brasil 20 termina no dia 23 de abril, uma quinta-feira, e um participante ficará milionário.

Jael projeta retorno ao Grêmio e surpreende com declaração

Ex-atacante do Tricolor fez live com seguidores nas redes sociais e falou sobre o Tricolor.

Presidente do Flamengo surpreende com anúncio de data para retorno aos treinos

Rodoldo Landim surpreende ao cravar data para o Rubro-negro voltar aos treinos.
Beka Assis
Redatora e curiosa, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.
Publicidade

É inegável, o Flamengo teve uma ótima campanha em 2019, sagrando-se campeão do Campeonato Brasileiro. Com um elenco estrelado, 2020 também começou muito promissor e campanha do Rubro-Negro é impecável até aqui.

O time do técnico Jorge Jesus já conquistou a Supercopa do Brasil, a Recopa Sul-Americana e o primeiro turno do Campeonato Carioca, além de estrear muito bem na fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Publicidade

Porém, com o número crescente de casos de coronavírus no Brasil e no mundo, o clube foi forçado a pisar no freio, principalmente após a paralisação dos campeonatos por tempo indeterminado.

Publicidade

No último sábado (21), a presidência do clube anunciou que as atividades da equipe profissional e da base estão paralisadas por tempo indeterminado. Mas, há uma expectativa de que os treinos possam ser retomados no dia 21 de abril.

Publicidade

Com essa decisão, o técnico e sua equipe técnica foram liberados para voltar para Portugal para enfrentar a pandemia ao lado de seus familiares até que a situação se resolva.

O rubro-negro ainda espera a decisão dos sindicatos que reúnem clubes e atletas. A reunião acontecerá nessa segunda-feira (23) para deliberar a situação de férias coletivas e renegociação de contratos.

Infelizmente, a situação pode se alongar ainda mais, já que o Ministério da Saúde prevê que tudo não deve ser normalizado antes de setembro, com o pico de casos surgindo ainda nos próximos meses.

Até a publicação desta pauta já foram detectados mais de 1200 casos de contaminação e 18 mortes causadas pelo coronavírus. O governo também começou a intensificar medidas de quarentena para evitar a proliferação do vírus e proteger a população, o que deve acabar afetando o futebol por mais algumas semanas.