in

Alerta por Coronavírus: pediatra aponta sintomas preocupantes nos bebês

Época
Publicidade

O novo coronavírus, o Covid-19, avança por todo o país com um aumento constante do número de casos. Devido a essa assustadora realidade, são necessários alguns cuidados básicos para prevenir a transmissão.

É imprescindível para os papais e mamães que redobrem as suas atenções com seus bebês. Segundo a Academia Americana de Pediatria há três principais sintomas que podem indicar que a criança possa estar infectada com o Covid-19.

O primeiro é a febre, que pode ser de leve a severa, o segundo sintoma que tem que ser analisado pelos papais é a tosse, que também varia de leve a severa. Por fim, um sintoma que é muito comum e que deve ser levado em conta é a falta de ar que pode variar de leve a moderada também.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Nesses grupos, entre as crianças parece que aquele grupo que pode ter uma maior fragilidade são os bebês nos primeiros meses de vida, que nesse grupo tem maior chance de complicação. MAS a mensagem é que os idosos e aquele com comorbidades continuam sendo aqueles com chances de complicações”, disse o doutor Marco Aurélio Sáfadi, que é pediatra e infectologista.

Porém, além de todos os sintomas levantados acima, dois deles são muito preocupantes, caso apareçam, a criança deve ser levada imediatamente para um hospital: falta de ar e febre recorrente. Lembrando que uma febre isolada não é motivo para preocupação com o coronavírus, apenas se for associada a outros sintomas.

Redobre sua atenção antes de tocar em seu bebê ou entrar em seu ambiente. Lave bem as mãos com água e sabão, utilize álcool em gel o álcool 70, evite ao máximo sair de casa, não deixe pessoas de fora tocar ou beijar o seu bebê, mantenha o ambiente arejado, não espirre ou tussa perto da criança e não compartilhe objetos pessoais.

Publicidade
Publicidade
Nado News

Escrito por Nado News

Sou formado em Sistemas de Informação com pós-graduação em Gerenciamento de Projetos em T.I. Além de atuar como programador há 8 anos, trabalho também como redator há cerca de 3 anos, o que fez despertar uma nova paixão. Tanto que, atualmente, sou graduando em Letras - Português e Inglês. Escrevo sobre tudo o que envolve o mundo do entretenimento, além de falar sobre esportes e as principais notícias do dia a dia. Pode entrar em contato comigo através do e-mail [email protected] .