Livro de 1981 fez profecia sobre pandemia do coronavírus? Assunto viraliza na web

Leia também

Número de bebês abandonados aumenta durante a pandemia e causa dor moral

Nas últimas semanas aumentou o número de bebês abandonados e situação é explicada.

Pai de Fernando Rocha é vítima do novo coronavírus; apresentador desabafa

O apresentador que já foi da TV Globo desabafou após seu pai e seu filho serem infectados pelo novo coronavírus.

Tatá Werneck se cansa de julgamentos e explica por que não publica mais fotos da filha

Tatá Werneck explica os motivos de ter dado uma pausa nas publicações de Clara Maria.

De treta com nora brasileira a cabeça raspada; saiba como está a protagonista de Rubi

Barbara Mori sempre teve uma vida agitada, saiba por onde anda a atriz.
Russel
Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br
Publicidade

O novo coronavírus continua avançando pelo mundo todo e aqui no Brasil as autoridades tentam se preparar para o pior quadro possível, onde milhares serão infectados, por isso estão pedindo à população para ficar em casa e sair apenas se for extremamente necessário.

Nas redes sociais o coronavírus é um dos assuntos mais comentados e com isso surgem várias teorias. Uns dizem que esse vírus teria sido criado propositalmente pela China, para prejudicar a economia dos outros países. Há quem acredite que o covid-19 é o aviso de que o fim do mundo está próximo e assim o assunto desperta as mais incríveis teorias.

Publicidade

Mas muitos internautas estão chamando a atenção para um livro que foi lançado em 1981 e que poderia ter feito uma profecia sobre esta pandemia do coronavírus. The Eyes of Darkness, ou Os Olhos da Escuridão, foi escrito pelo norte-americano Dean Koontz e a história fala de acontecimentos aterrorizantes que se assemelham muito a atual pandemia que já fez milhares de vítimas fatais em vários países.

Publicidade

Neste livro polêmico, Koontz conta que foi criada uma arma biológica, a Wuhan-400 e que um micro-organismo foi criado em um laboratório justamente na cidade chinesa de Wuhan, que é onde começaram os primeiros casos do novo coronavírus.

Publicidade

A web está polvorosa com esse livro e muitos acreditam que o escritor conseguiu prever o que aconteceria muitos anos depois. A procura pela obra vem crescendo, já que os internautas acabam tendo interesse em saber o que está escrito nesta obra.

Outra coincidência é que o livro fala sobre um cientista que se chama Li Chen e vai para os Estados Unidos com o vírus. Na vida real, Li Chen é o nome de um cientista que tem vários estudos publicados sobre o coronavírus.