in

Embaixada da China diz que Eduardo Bolsonaro ‘contraiu vírus mental’, após polêmica

Uol
Publicidade

Eduardo Bolsonaro resolveu usar seu perfil no Twitter para responsabilizar o governo chinês pela pandemia do novo coronavírus que está deixando o mundo inteiro em pânico.

O deputado federal alegou que a China resolveu esconder algo muito grave ao invés de revelar tudo e salvar muitas vidas.

“Quem assistiu Chernobyl vai entender o que ocorreu. Substitua a usina nuclear pelo coronavírus e a ditadura soviética pela chinesa”, escreveu Eduardo Bolsonaro e para finalizar ele afirmou que ‘a culpa é da China e liberdade seria a solução’.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A postagem de Eduardo Bolsonaro teve grande repercussão e muitas críticas, inclusive da Embaixada da China no Brasil. No perfil oficial da embaixada no Twitter, uma postagem foi dura com o deputado e disse que as palavras dele são ‘extremamente irresponsáveis e nos soam familiares’.

A embaixada disse ainda que Eduardo Bolsonaro não tem visão internacional e muito menos senso comum, aconselhando que ele não seja porta-voz dos Estados Unidos no Brasil, pois correrá o risco de ‘tropeçar feio’.

Yang Wanming, embaixador da China no Brasil, também criticou o filho do presidente e pediu que ele ‘retire suas palavras imediatamente’, além de se desculpar com todo povo chinês, alegando ainda que irá manifestar sua indignação junto à Câmara dos Deputados e também ao Itamaraty.

Wanming ainda fez uma postagem dizendo que as acusações de Eduardo Bolsonaro são um insulto contra a China. O presidente Jair Bolsonaro ainda não se pronunciou a respeito de mais esta polêmica do filho.

Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: [email protected]