in

Aos 92 anos, Cid se isola com medo do coronavírus: ‘Corro perigo, não vou receber ninguém’

Globo / Montagem
Publicidade

O coronavírus tem mudado a rotina do planeta e o número de vítimas só se multiplica. De acordo com os dados mais atualizados, já são quase nove mil mortos da doença em todo o planeta, o que faz da pandemia realmente letal. Só na Itália já são quase três mil pessoas mortas. No Brasil, já são quase 400 casos da doença e três mortes confirmadas.

A Covid-19 atinge especialmente idosos. 20% dos pacientes ficam em uma situação mais grave e a taxa de óbitos vai subindo conforme a idade do paciente sobe e se acumulando, caso esse já tenha problemas de saúde pre-existentes.

Muita gente não tem levado a sério a doença. Outros, como o apresentador Cid Moreira, que já tem 92 anos de idade, dão grandes exemplos de como lidar com o problema. O eterno âncora do Jornal Nacional, evitando uma situação pior, decidiu se isolar, assim como orientam as principais autoridades de saúde do país.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Já isolados em casa?! Não esqueçam! Não é férias! O isolamento é necessário para salvar a sua vida e das pessoas a sua volta! Eu, corro perigo de vida na minha idade! Vou trabalhar através da internet! Não receberei ninguém! Claro, a Fátima não vai sair também. É uma questão de vida! Não brinquem”, escreveu o comunicador por meio da internet ao falar sobre o assunto.

Cid Moreira ainda lembra da situação da Itália, que deve passar a tragédia da China em pouco tempo. O jornalista lembrou que o país não levou a doença a sério e que isso tem feito o país sofrer demais. Cid ainda cita Deus e garante que ele teria dito que nós seres humanos devemos fazer nossa parte e que, dessa maneira, o todo poderoso ajudará o seu “rebanho”.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.