in

Polícia interdita gravação de novela da Record, após ator ter suspeita de coronavírus

Record / Montagem
Publicidade

O coronavírus tem causado temor e prejuízos em quase todos os setores. Um deles é o da televisão. A Record, por exemplo, está apostando alto em sua nova novela, Gênesis, que conta a história de Adão e Eva. No entanto, as gravações do folhetim acabaram com a presença da polícia, devido à suspeita de contágio pelo coronavírus. As informações são do site Natelinha, em matéria publicada nesta terça-feira, 17 de março. 

Coronavírus muda rotina da Record TV, e ator é internado

A interdição da Record ocorreu durante uma gravação da emissora no Marrocos. Um dos atores da trama, Zé Carlos Machado, começou a ter sintomas semelhantes à Covid-19. Ele chegou a ter 39 graus de febre, sendo internado em um famoso hospital do país, que, assim como o resto do mundo, tenta erradicar o coronavírus.  

O Natelinha diz que procurou a assessoria de imprensa da Record TV, mas até a publicação da reportagem, a emissora ainda não havia se pronunciado. A emissora da Barra Funda, no estado de São Paulo, decidiu suspender as gravações por tempo indeterminado. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A decisão é semelhante ao que acontece com outras emissoras. A TV Globo, por exemplo, suspendeu seus quatro horários de novelas inéditas, substituindo essas por reprises. Éramos Seis será exibida até o fim, mas em seu lugar entrará Novo Mundo. 

Já no caso de Amor de Mãe, a mudança será a mais rápida de todas. O canal carioca já tirará a história de Lurdes (Regina Casé) do ar neste sábado, 21 de março. No lugar, a Globo exibirá um compacto de Fina Estampa, que foi protagonizada por Lília Cabral. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.