in

Urgente: impeachment do presidente Jair Bolsonaro é protocolado

Poder 360
Publicidade

O pedido de impeachment contra o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi protocolado nesta terça-feira, 17 de março. As informações são da CNN Brasil. O documento tem vinte e seis páginas e foi escrito pelo deputado distrital Leandro Grass, da Rede. Esse é o segundo documento escrito para retirar o presidente do poder. Outro documento tem sido escrito com a participação do deputado federal Alexandre Frota. Frota decidiu adiar a entrega do documento. 

.Ao todo, são cinco pontos básicos para que Bolsonaro seja acusado nesse momento pelo deputado distrital Leandro Grass, O primeiro foi ter apoiado manifestações em meio à uma pandemia. Enquanto governos do planeta inteiro tomam decisões importantes, Jair convocou manifestações por todo o país. 

Apesar de em pronunciamento incentivar que os seus apoiadores não fossem às ruas, ele acenou para esses apoiadores e chegou a agarrar alguns deles. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O segundo ponto da protocolação do impeachment de Bolsonaro é referente às eleições de 2018, em que Bolsonaro alega que o pleito teria sido fraudado. Bolsonaro teria dito ainda que teria provas sobre essa fraude, mas essas, até hoje, nunca teriam sido entregue à imprensa brasileira. 

Declarações machistas contra uma jornalista, publicações consideradas de cunho erótico em 2019 e determinação expressa de comemoração do Golpe Militar de 1964 também fazem parte dos argumentos para se tirar o presidente do poder.

Até o momento, o presidente ainda não se pronunciou a respeito desse documento, que pode mudar o jogo político.

Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.