in

Vídeo: 1.300 presos fogem durante rebeliões em São Paulo

Reprodução
Publicidade

Logo após o governo de São Paulo vetar a saída dos presos do semiaberto no início do dia, começaram cerca de 5 rebeliões no estado.

A restrição foi imposta no intuito de conter o avanço do coronavírus.

As rebeliões foram confirmadas pela Secretaria de Administração Penitenciária, porém não informou quais foram os presídios.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em nota, a Secretaria afirma: “Informamos que as unidades de regime semiaberto, por determinação da legislação brasileira, não possuem vigilância armada. A pasta está tomando as providências para sanar o problema”.

Assista abaixo ao vídeo que mostra a fuga na penitenciária de Mongaguá, litoral de SP

A fuga aconteceu nessa segunda-feira, 16, e aconteceu em pelo menos três presídios.

Momento delicado

Claro que esse tipo de acontecimento é sempre complicado, mas o momento em que ocorreu complica ainda mais a vida dos cidadãos paulistas.

Já são mais de 200 casos confirmados de coronavírus no estado de São Paulo. De sábado, 14, para domingo, 15, confirmou 79 novos casos.

O estado de São Paulo, através do Centro de Contingência para o coronavírus, fez uma projeção de 460 mil pessoas infectadas pelo coronavírus nos próximos meses.

Nem todas essas pessoas chegarão a ir a um hospital fazer o teste confirmando o diagnóstico, pois em alguns casos, a doença é assintomática.

Esses números são questionados pela Sociedade Brasileira de Infectologa, que não entende como o governo do estado chegou a esses números.

Publicidade
Publicidade
Flávio M.

Escrito por Flávio M.

Empreendedor, apaixonado por tecnologia, inovação e esportes.