in

Leonardo dá falsa informação sobre HIV, compara com coronavírus e se dá muito mal

Reprodução Globo
Publicidade

Em meio ao surto de coronavírus que atinge o mundo todo, o cantor Leonardo causou polêmica ao realizar um show em São Paulo e comparar o covid-19 com o HIV. Nas redes sociais, o sertanejo está sendo muito criticado pelos internautas, que não viram graça nem nexo no que ele falou em cima do palco.

“Trinta milhões de pessoas no Brasil têm HIV. Trinta milhões. Pra ser sincero… Ninguém usa camisinha. Agora 900 casos de… Tem que usar máscara! Eu cheguei à conclusão de que a gente morrer fod*** é melhor que morrer tossindo”, brincou o cantor durante a apresentação.

Leonardo errou ao dizer que 30 milhões de pessoas têm HIV no Brasil. O número correto, de acordo com o Ministério da Saúde, é de cerca de 866 mil pessoas que vivem com o vírus da imunodefiência. “Ter o HIV não é o mesmo que ter aids. O HIV é o vírus da imunodeficiência humana e causador da aids, que ataca o sistema imunológico”, diz o site do Ministério da Saúde.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

No Twitter, Leonardo foi muito criticado pelos internautas. Além da informação errada sobre o HIV, ele ainda fez uma comparação totalmente inexistente entre os dois problemas. Por fim, o HIV, assim como o coronavírus, é sério. Leonardo foi bastante criticado e chegou até a ser chamado de “lixo” por alguns internautas mais bravos.

Outros associaram Leonardo ao governo do presidente Jair Bolsonaro. O sertanejo votou em Bolsonaro nas eleições de 2018 e deixou isso claro em postagens nas redes sociais. Neste domingo (17), Leonardo se apresentou no Domingão do Faustão, da Rede Globo. 

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!