in

Medicamento cura 1.500 pessoas com coronavírus e pode ser a salvação do mundo

Ig
Publicidade

Em Cuba está sendo usado um medicamento para tratar pacientes que foram infectados pelo novo coronavírus, e o resultado vem chamando a atenção de pessoas do mundo todo. Segundo o Granma, jornal oficial de Cuba, o medicamento já teria curado mais de 1.500 pacientes.

No Brasil os casos suspeitos do doença continua aumentando, assim como os casos confirmados; e as autoridades estão tomando providências para enfrentar a doença, caso o vírus continue fazendo novas vítimas nos próximos dias.

O medicamento usado em Cuba para combater o novo coronavírus é o Interferón alfa 2B, que não é nenhuma novidade e até já foi usado em tratamentos de doenças conhecidas, como HIV e também a dengue.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O Interferón alfa 2B é um dos 30 medicamentos selecionados pela Comissão Nacional de Saúde da China que será usado no país para tratar os pacientes com o novo coronavírus. Neste último domingo, dia 8, Miguel Díaz Canel, presidente de Cuba, usou seu perfil nas redes sociais para comemorar esta parceria com a China. A fabricação deste medicamento será na fábrica ChangHeber, localizada na China.

O pesquisador Gerardo Guillen deu uma entrevista a uma emissora cubana e contou que o Interferón alfa 2B na verdade foi desenvolvido há cerca de quatro décadas, graças a uma proteína que está no sistema imunológico e tem a função de combater infecção viral.

No Brasil não há previsão até o momento de que este medicamento cubano será usado. A dica para a população é evitar locais com muitas pessoas e lavar muito bem as mãos com água e sabão, além de usar constantemente o álcool gel.

Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: russelmy@yahoo.com.br