in

Brasileiro pode ter transmitido coronavírus para Bolsonaro e Trump; informações preocupam

Catraca Livre
Publicidade

Um brasileiro lidou diretamente com dois representantes de países. Ele está com suspeita de ter sido infectado com o coronavírus. O chefe da Secretaria Especial de Comunicação (Secom), Fabio Wajngarten, teve contato nos últimos dias com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. As informações são do site Catraca Livre nesta quarta-feira, 11 de março. 

Por conta disso, tanto Trump como Bolsonaro correm o risco de terem contraído a doença do secretário. Pessoas que tiveram contato com infectados com o coronavírus devem redobrar os cuidados. Caso apresentem qualquer sintoma de febre, dor ou falta de ar devem se apresentar à uma unidade hospitalar, onde o teste do coronavírus costuma ser feito. 

Essas medidas, no entanto, podem mudar quando o ‘pico’ da doença acontecer, ou seja, quando muitos casos do vírus forem registrados da doença ao mesmo tempo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O secretário voltou do exterior com sintomas da doença. De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, o funcionário público já passou por exames e os resultados só devem sair nesta quinta-feira, 12 de março.

Por meio das rede sociais,  o funcionário do governo tentou  amenizar a situação. Ele usou o Twitter para dizer que está bem, mas ele não confirmou, nem negou a informação de que teria a covid-19. “Em que pese a banda podre da imprensa já ter falado absurdos sobre a minha religião, minha família e minha empresa, agora falam da minha saúde. Mas estou bem, não precisarei de abraços do Drauzio Varella”, disse o servidor público. 

Publicidade
Publicidade
FERNANDO B

Escrito por FERNANDO B

As melhores notícias você encontra por aqui. Conheça essas e outras histórias.