in

Jovem é internado e quase perde dedo por usar celular com a tela quebrada

O hábito é muito comum hoje, já que muitos optam por não trocar a tela com defeito.

Mirror
Publicidade

O uso do aparelho celular atualmente é bastante comum, principalmente entre jovens e adolescentes. É difícil sair na rua hoje e não encontrar alguém que esteja usando o Smartphone, seja para mensagens, pesquisas ou ligações.

Muhammad Azuan Iqbal Abdullah Sani é um dos jovens que passam muito tempo usando o celular. Mas há pouco tempo ele teve um grave problema na mão por causa disso, já que tinha um costume bastante perigoso e comum entre muitas pessoas.

O jovem, que mora em Sha Alam, na Malásia, teve a tela de seu aparelho celular quebrada, mas mesmo assim continuou usando sem trocar o item. Alguns meses depois, Muhammad começou a sentir inchaço e manchas escurar no dedo. Ele foi para o hospital e o médico prescreveu antibióticos e analgésicos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Porém, com o passar do tempo, a aparência do dedo do jovem só piorava. Preocupado, ele foi novamente à unidade de saúde local para saber o que de fato estava acontecendo com seu dedo. Foi então que os médicos avaliaram o caso e descobriram que haviam vestígios de vidro no membro de Muhammad.

Os pedaços de vidro da tela do celular haviam entrado no dedo do rapaz, de 23 anos de idade e estavam causando todo o transtorno, fazendo com que ele quase tivesse que amputar o membro. Felizmente, a amputação não foi necessária e o rapaz precisou apenas remover a parte necrosada.

O caso de Muhammad deve servir de alerta para outras pessoas. A tela ou película protetora dos aparelhos celular devem ser trocadas caso sejam quebradas para evitar o risco de amputação ou problemas ainda piores.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn