in

Brasil chora a morte de um campeão mundial; entenda

Pixabay, CBF
Publicidade

O campeão mundial de futebol em 1962, Jair Marinho, morreu neste sábado, dia 07, após sofrer uma parada cardiorrespiratória no hospital, onde estava internado desde fevereiro, quando sofreu um AVC. O Fluminese comunicou a sua morte em suas redes sociais.

O Fluminense lamenta a morte do ex-lateral Jair Marinho e se solidariza com família e amigos. Ídolo tricolor, Jair foi campeão mundial de 1962 com a seleção brasileira. Com a camisa verde, branco e grená, disputou 258 jogos e conquistou diversos títulos“, diz o tweet do Fluminense.

O atleta disputou, pelo time carioca mais de 250 jogos e foi diversas vezes campeão, dentre os títulos, dois torneios Rio-São Paulo (1957 e 1960) e um campeonato Carioca (1959). Jair Marinho também atuou no Fluminense entre 1956 e 1964.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Na seleção canarinho, Jair Marinho estve em campo em cinco oportunidades e conquistou, além da Copa do Mundo de 1962, as taças Bernando O’Higgins (1961) e Oswaldo Cruz (1961 e 1962).

Apesar do destaque maior com a camila do tricolor carioca, Jair Marinho também atuou por Portuguesa, Corinthians, Vasco e Campo Grande. O velório será no final da tarde de hoje, no Cemitério Maruí, em Niteroi e o enterro será às 10 horas do domingo, 08.

Seleção de 1962

A Copa de 1962 foi disputada no Chile, e o Brasil ganhou a final contra a Tchecoeslováquia, por 3 a 1, com gols de Amarildo, Zito e Vavá. O gol do adversário foi marcado por Masopust. Uma curiosidade a respeito dessa Copa, foi a lesão de Pelé. Esperava-se, após o grande destaque no mundial anterior, que ele se destacasse ainda mais. Porém, uma lesão já na segundo partida, tirou o Rei do Futebol de campo por todo o torneio.

O destaque então caiu sobre Garrincha, que não decepcionou e deu um show de dribles em seus adversários.

Publicidade
Publicidade
Flávio M.

Escrito por Flávio M.

Empreendedor, apaixonado por tecnologia, inovação e esportes.