in

Após documento falso, Ronaldinho recebe duro castigo da Justiça do Paraguai

Ministério Público do Paraguai
Publicidade

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho é muito conhecido no mundo do futebol. O “bruxo”, como é conhecido por alguns, é alvo de vários memes por causa de seus “rolês aleatórios”. Em 2018, por exemplo, sem ninguém esperar, o ex-craque do Barcelona apareceu tocando um tambor na abertura da Copa do Mundo da Rússia.

Ronaldinho, que sempre teve sua vida pessoal em segredo, assumiu romance com duas mulheres de uma vez só. Aposentado dos gramados, ele é muito querido pelos internautas. Na noite desta quarta-feira (4), Ronaldinho e seu irmão, Assis, foram detidos no Paraguai.

Eles chegaram ao país depois de embarcarem em um avião em São Paulo. Ronaldinho e Assis foram interpelados dentro do hotel onde ficaram hospedados. Eles estariam com passaporte e documento de identidade que foram apontados como sendo falsos.

Publicidade

Na manhã desta quinta-feira, os dois foram depor na sede do Ministério Público, em Assunção, e receberam dois castigos. O primeiro deles foi o de ter que ficar à disposição da Justiça do Paraguai por tempo indeterminado. A segunda punição é que eles foram encaminhado para depor também no Departamento de Crime Organizado.

Publicidade

Uma terceira pessoa, o brasileiro Wilmondes Sousa, foi detido no local onde Ronaldinho e Assis estavam hospedados. A investigação tenta descobrir quem produziu os documentos e por qual motivo os ex-jogadores estavam usando. Para entrar no Paraguai, não é necessário ter passaporte devido ao acordo envolvendo países que integram o Mercosul. Os documentos portados por Ronaldinho e Assis pertencem a duas senhoras. As investigações continuam.

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br