in

Jovem morre e 10 dias depois encontram um bebê dentro do caixão

Mirror
Publicidade

Um caso bastante incomum deixou a população de uma cidade inteira perplexa. Isso porque uma mulher de 33 anos de idade foi enterrada e, 10 dias após a morte, foi encontrado o corpo de um bebê dentro do seu caixão, causando grande espanto em todos os moradores da localidade.

Tudo aconteceu quando a mulher, chamada Nomveliso Nomasonto Mdoyi, começou a sentir falta de ar em sua casa, na aldeia de Mthayisi, na província do sul do Cabo Oriental, na África do Sul. Pouco tempo depois, ela veio a falecer e seu corpo foi entregue para uma empresa funerária para que todo o processo com o corpo fosse realizado a fim de iniciar o funeral.

Na região onde a mulher morava, ao contrário da maioria dos outros lugares, as pessoas têm o costume de esperar dez dias para sepultar um falecido, e foi isso que aconteceu com Nomveliso, que estava grávida de nove meses quando faleceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Dez dias depois, quando chegou o momento de enterrar a mulher, o caixão foi aberto para a despedida do corpo e dentro tinha um bebê. Nomveliso havia conseguido dar à luz mesmo depois de seu falecimento. Infelizmente, a criança também estava sem vida, o que provocou ainda mais tristeza nos familiares da jovem.

O caso rapidamente começou a circular nas redes sociais e ganhou muita repercussão entre os veículos de mídia locais por se tratar de um evento bastante raro. A causa exata da morte de Nomveliso não foi divulgada. A mulher era mãe de cinco crianças.

A mãe de Nomveliso falou sobre o acontecimento e se mostrou perplexa com a incomum situação: “Apelamos a pessoas educadas, pessoas que sabem melhor, para nos refrescar e nos explicar como é possível uma mulher morta dar à luz“, disse.

Publicidade
Publicidade
Aurilane Alves

Escrito por Aurilane Alves

Escrevo sobre os assuntos mais bombados do momento, famosos, curiosidades, notícias em geral. Pode entrar em contato comigo por meio do Instagram @paolla.evellyn