in

Bombeiros socorrem mãe e bebê no Guarujá, todos morrem e detalhe é de cortar o coração

G1
Publicidade

O temporal que atingiu a Baixada Santista na madrugada de terça-feira (3) causou muitos problemas em algumas cidades. Devido à chuva forte, ocorreram deslizamentos de terra que resultaram em mortes na região, especialmente na cidade do Guarujá. São Vicente e Santos também registraram óbitos.

Entre os mortos no Guarujá, estão dois cabos do Corpo de Bombeiros. Moraes, de 43 anos, e Batalha, de 46, foram acionados para ajudar uma mãe e um bebê que sofriam com o deslizamento ocorrido no Morro do Macaco.

Eles chegaram ao local pronto para ajudar as vítimas, mas foram surpreendidos por um novo deslizamento. Moraes foi retirado dos escombros por moradores da região, mas morreu devido a uma parada cardiorrespiratória. Batalha permanecia embaixo dos escombros.

Publicidade

Os bombeiros tentavam salvar Thatiana Lopes de Lima, de 25 anos, e o filho Arthur Rafael de Lima, de apenas 10 meses. Mãe e filho também morreram após desabamento.
“O Corpo de Bombeiros tem verdadeiros heróis. Infelizmente perdemos a vida de dois heroicos bombeiros numa ocorrência de soterramento. Um corpo foi retirado, o outro ainda não”, afirmou Luiz Cláudio Venâncio Alves, secretário de Defesa e Convivência Social.

Publicidade

O secretário destacou ainda que o grande problema nos resgates eram os desmoronamentos que ocorreram. Segundo ele, sete morros foram atingidos e em dois a situação era mais grave e algumas pessoas haviam morrido.  “A nossa maior preocupação, agora, são os escorregamentos de morro”, afirmou Alves.

Nas redes sociais, muitas pessoas estão lamentando as mortes. Os cabos Batalha e Moraes receberam homenagens de colegas de farda e de outras pessoas que ficaram comovidas com as mortes. 

Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br