in

Grêmio ganha ação na Fifa e embolsa quantia milionária por empréstimo de Wallace Reis

Lucas Uebel / Grêmio
Publicidade

No futebol, dinheiro sempre é bem-vindo; e o Grêmio acaba de embolsar uma quantia milionária pela venda do zagueiro Wallace Reis. O torcedor mais atento sabe que Wallace saiu do Tricolor há algum tempo. Em 2017, o jogador deixou o Grêmio e foi vendido para o Gaziantepspor, da Turquia.

Na Corte Arbitral do Esporte (CAS), o Grêmio conseguiu uma vitória contra o time turco. Wallace se transferiu para o Gaziantepspor em janeiro de 2017. Seis meses depois, o jogador entrou na Justiça e conseguiu deixar o clube que não pagava os seus salários.

Com os vencimentos atrasados, foi fácil para Wallace ser liberado pela Justiça. O problema é que, a partir daí, o time turco não quis mais pagar o valor mensal referente ao empréstimo do jogador. Como parou de receber, o Grêmio também entrou na Justiça para conseguir receber a quantia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O processo demorou, mas, enfim, a vitória chegou. O time turco foi condenado a pagar 250 mil euros (R$ 1,2 milhão) referente ao empréstimo e ainda terá que pagar um multa de 75 mil euros (R$ 370 mil). No total, o time brasileiro deve receber da equipe europeia o montante de R$ 1,6 milhão. Cabe recurso.

Caso não recorra, o Gaziantepspor tem que pagar o montante no prazo máximo de 45 dias. R$ 1,6 milhão não é muito para um time do tamanho do Grêmio, mas com este valor dá para pagar, por exemplo, quatro meses do salário de Tiago Neves, que recebe cerca de R$ 400 mil mensais na equipe.

Wallace foi comprado pelo Grêmio junto ao Flamengo por R$ 3 milhões, em 2016. O valor recebido vale mais da metade do investido pelo Tricolor na contratação.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!