Pelé abre o jogo e fala pela primeira vez sobre a saúde; filho havia entregue séria doença

Leia também

Respire fundo antes de conhecer a filha gata do Roberto Cabrini; ela é repórter do SBT

Gaby Cabrini chama a atenção pela beleza e talento no programa Fofocalizando.

Globo surpreende e faz propaganda do Fofocalizando no Jornal Nacional

Emissora se descuidou e imagem do programa do SBT acabou sendo exibida na telinha.

Governo vai pagar R$ 667 a profissionais de saúde que ajudarem no combate da Covid-19

A medida foi divulgada pelo presidente Bolsonaro e visa ampliar a cobertura realizada atualmente pelo SUS.

BBB20: expulsão é pedida após Gizelly dizer que maquiagem de Thelma é ‘barro’

A participante do BBB polemizou ao fazer uma brincadeira com Thelma. Nas redes sociais, fãs pedem expulsão.
Henrique
Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.
Publicidade

O filho de Pelé, Edinho, deu uma recente entrevista para o portal GloboEsporte.com, e chocou o mundo inteiro ao falar sobre o estado de saúde do pai. Na oportunidade, disse que o tricampeão mundial estava com problemas de saúde, incluindo limitações em seus movimentos, o que estava causando depressão e falta de ânimo no ex-jogador.

“Ele tá bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão”, expôs Edinho em um dos trechos da conversa, que passou a circular pelos jornais do mundo todo, apontando que o Rei estava acometido com depressão.

Publicidade

Nesta quinta-feira (13), por meio de sua assessoria de imprensa, Pelé se pronunciou pela primeira vez após ter o nome citado pelo filho. Em contrapartida ao que indicou Edinho, o tricampeão mundial pela Seleção Brasileira disse que está bem, tranquilizando os fãs quanto ao estado de saúde.

Em uma nota, o Rei agradece a todos os fãs que enviaram inúmeras mensagens de solidariedade e apoio, após as declarações. Além disso, destacou que anda vivendo dias bons e maus, o que é comum para pessoas de sua faixa etária. Ele está completando os 80 anos em 2020.

Publicidade

Na sequência, falou sobre o documentário que está sendo produzido junto com a CBF sobre sua vida no futebol, participando de sessões de fotos e divulgação. Por fim, atestou que está aceitando as limitações físicas que lhe acometem da melhor maneira possível, e que pretende continuar mantendo “a bola rolando”, conforme declarou.