in

BBB20: Petrix pode escapar do paredão

Reprodução/Globo
Publicidade

O Big Brother Brasil 2020 tem claramente um vilão e ele se chama Petrix. O ginasta conquistou a casa e o público nos primeiros dias, mas logo foi mostrando sua verdadeira face após se tornar o primeiro líder da edição. Logo, começou a arquitetar o paredão, perseguindo Pyong, um dos participantes mais queridos. Além das estratégias no jogo que foram consideradas arrogantes pelo público, ele também foi acusado de ter assediado uma participante.

Petrix é rejeitado pelo público

Milhares de tweets pediram a expulsão de Petrix após contatos físicos equivocados com algumas participantes, como Bianca e Flayslane. A Globo, no entanto, não considerou assédio e ainda o informou sobre a má repercussão – o que gerou indignação no público, que acusa a emissora de privilegiar um participante com informações externas.

Durante a prova do líder que aconteceu na última quinta (30), um dos participantes teve que mandar alguém direto pro paredão. Esse participante foi o Pyong e o indicado foi Petrix, que antes estava tramando sua saída. O público, através das redes sociais, comemorou o emparedamento do brother, mas o ginasta ainda pode se salvar.

Publicidade

Petrix pode se livrar do paredão

O próximo paredão terá um total de quatro indicações. Uma já foi feita por Pyong, outra será feita pelo big fone, outra pelo líder e por fim uma pela casa. O mais votado pela casa, junto a Petrix, irão disputar o bate e volta. Caso o ginasta vença a prova, estará livre do paredão – o que coloca em risco vários participantes queridos pelo público.

O novo líder, Guilherme, tinha Petrix como opção de indicação, mas agora que o brother já foi indicado, ele ainda não sabe quem deve indicar. O trio Marcela, Thelma e Giselly estão com medo de serem os alvos da vez. Elas, por outro lado, devem apostar em votos contra Hadson, que não se sabe se terá votos da casa como um todo.

Tiago Santos

Escrito por Tiago Santos

Estudante de Jornalismo. Especialista em televisão. Atuando como redator há seis anos, com passagem em diversas plataformas. Meu contato é: bringbacknashville@gmail.com