in

Amor de Mãe: Vinícius morre nos braços do pai e imagens são de partir o coração

GShow
Publicidade

Vinícius decidiu se unir a um grupo de ativistas e juntos lutarem por um mundo melhor, só que Belizário será cruel e mandará seus comparsas atirarem nos jovens e uma tragédia acontecerá na novela Amor de Mãe.

O grupo invadiu a PWA, tendo Amanda no comando, mas o capanga do vilão irá atirar na jovem. Vinícius será um verdadeiro herói, pois conseguirá salvar a namorada, só que ele acabará sendo atingido.

Raul é quem encontra o próprio filho agonizando no chão e desesperado o leva para o hospital. Os médicos logo constatam que o caso de Vinícius é gravíssimo e decidem operá-lo urgentemente. Lídia será informada sobre o ocorrido e imediatamente irá para lá, então o ex-marido a explicará tudo que aconteceu.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Esse grupo ativista está num embate com a PWA. O Vinícius era uma daquelas pessoas que fizeram o protesto no jantar que você organizou. E hoje eles invadiram a fábrica da PWA. Os seguranças reagiram e o Vinícius levou um tiro“, dirá o ricaço.

Após a cirurgia, Vinícius é levado para o quarto, ainda inconsciente. Durante a madrugada, Lídia vai à cantina tomar um café, deixando o filho sozinho com Raul Emocionado, o empresário lamenta o que houve e pede ao jovem que não morra.

Vinícius acordará e conversará com o pai, pedindo a Raul que não fique na PWA, pois não precisam de mais dinheiro. O empresário abraçará o filho e chorando dirá que o ama muito. Nesse momento, o jovem morre nos braços do pai, para desespero do personagem de Murilo Benício.

A partir daí, a relação de Raul com Álvaro mudará completamente na novela Amor de Mãe.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Russel

Escrito por Russel

Sempre ligado a tudo que acontece no Brasil e no mundo, estou sempre trazendo as últimas notícias sobre o mundo dos famosos, reality shows, filmes, músicas, novelas e programas de televisão de um modo geral. Aqui você ficará sempre muito bem informado. Se quiser entrar em contato, fique à vontade: [email protected]