in

Ex-participante de reality show morre de câncer de mama

Divulgação: Pinterest
Publicidade

O mundo do entretenimento está de luto após a morte da cantora Natasha Stuart, que competiu no The Voice, n° 8, em 2019, na Austrália. Natasha morreu de câncer de mama aos 43 anos.

Segundo o site britânico Daily Mail, a cantora foi diagnosticada com a doença em julho de 2018 e foi submetida a 20 semanas de quimioterapia. Porém, devido ao estado avançado da doença, ela acabou morrendo em um hospital em Sydney, Austrália, cercada por seus familiares.

Natasha competiu no reality show durante o seu tratamento contra o câncer.
Em uma entrevista para o site 9Honey, em maio passado, a artista explicou por que decidiu competir enquanto lutava contra a doença.  

Publicidade

Eu senti que era realmente importante eu competir mesmo com a doença, porque eu não vi mulheres que se parecem comigo na TV, passando por tratamento. Eu queria ter certeza de que as mulheres mais jovens sabiam que você pode ter câncer de mama em uma idade jovem”, disse ela na época.

Stuart chegou à final e estava na equipe de Delta Goodrem. Goodrem, de 35 anos, uma cantora de enorme sucesso, foi diagnosticada com linfoma de Hodgkin aos 18 anos. As duas compartilharam um vínculo no programa, com Stuart chamando Goodrem de espírito afim.

Tudo o que a Delta me disse apenas se conectou tão profundamente a onde estou agora, ao que estou passando e ao que sei que ela passou“, disse ela.

Homenagens recebidas de artistas australianos, incluindo Goodrem e David Campbell.
Stuart lançou seu próprio álbum Light This Fuse em 2012 e foi uma cantora de apoio de Michael Bolton, Boy George e da cantora australiana Jessica Mauboy.

Francisco Nunes

Escrito por Francisco Nunes

Barbeiro profissional.