in

Polícia no BBB20: participantes conversam sobre prática criminosa e delegado toma atitude

Reprodução Globo / Facebook Bruno
Publicidade

Nos últimos anos, as confusões envolvendo participantes do Big Brother Brasil tem crescido bastante. O principal reality show da TV brasileira, de maior audiência, costuma ser um telhado de vidro para os seus participantes.

Tudo o que se fala dentro da casa repercute fora dela. Qualquer palavra errada, fora do lugar ou do tom, pode causar muitos problemas ao confinado.

A influencer digital Mari Gonzalez está enfrentando isso neste momento. Ela conversou com Felipe sobre um assunto bastante delicado: a relação de pessoas com animais. Segundo Mari, “tem gente que fica excitado mesmo”.

Publicidade

Os dois seguiram a conversas e nas redes sociais muita gente viu uma certo incentivo à prática repugnante. Muitos internautas criticaram o teor da conversa, em que tratavam a prática como algo normal.

Eleito deputado estadual pelo PSL, o delegado Bruno Lima comentou o caso nas redes sociais. Ele afirmou que vai acionar o Ministério Público do Rio de Janeiro, pedindo providência.

“Após esse triste episódio do BBB 20, em que batem um papo sobre zoofilia, nossa equipe está estudando as medidas legais do que podemos fazer para não ficarmos só na teoria. Provavelmente vamos fazer uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro para apurarem os fatos”, afirmou o delegado.

Bruno frisou ainda que a prática é criminosa e não é normal. O delegado e deputado estadual já trabalhou em diversos resgates de animais abandonados e abusados. Esta será mais uma polêmica que a Globo terá que driblar dentro do BBB20, que começou com tudo.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br