in

Participante do BBB20 tem histórico de agressão à ex-mulher e corre risco de eliminação

Divulgação Globo
Publicidade

O ex-goleiro Hadson Nery foi anunciado como um dos novos participantes do Big Brother Brasil 20, no último sábado (18), e a ficha corrida do brother já foi puxada e revelou parte de seu passado.

A ex-mulher de Hadson, Elen Cristina Vara Nery processou Hadson por violência doméstica em 2018. O caso foi denunciado e registrado no Tribunal de Justiça do Estado do Pará.

A mulher também teria entrado com medida protetiva duas vezes e o ex-jogador de futebol não contestou a denúncia. De acordo com a Contigo, a primeira vez que Elen solicitou a medida foi em julho de 2018.

Publicidade

A determinação da justiça foi que Hadson ficasse a 100 metros de distância da mulher e seu seus filhos. Ele também ficou impedido de frequentar a casa dela.

Em outubro de 2018, o juiz deu a sentença final: Hadson teria que ficar longe da ex-mulher por um ano. O processo foi extinto porque a mulher não procurou a Justiça após o ano.

Nas redes sociais, há muitas críticas a Hadson. No ano passado, o BBB19 foi alvo de polêmica. Um dos participantes, Vanderson Brito, chegou a ser investigado pela polícia, após denúncia de importunação sexual, estupro e agressão. Ele acabou inocentado, mas foi eliminado do programa.

O BBB20 começa nesta terça-feira. São 18 participantes na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. Os participantes estão divididos em dois grupos.

O “pipoca”, reúne participantes anônimos, como Hadson. Já o “camarote”, reúnes famosos, como a youtuber Bianca Andrade, a Boca Rosa, e a cantora Manu Gavassi, amiga de Bruna Marquezine.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br