in

Roberta Miranda acaba com a raça de Victor Chaves após cantor agredir esposa grávida

Twitter Roberta Miranda / Reprodução Record TV
Publicidade

O cantor Victor Chaves, que fazia dupla com Léo, foi acusado em 2017 de ter agredido à então esposa Poliana Bagatini. Victor deu entrevistas à época e negou que tivesse cometido qualquer agressão.

No último domingo, o Domingo Espetacular, da Record TV, mostrou as imagens do circuito interno de segurança do prédio localizado em Belo Horizonte e as agressões foram confirmadas.

No dia 23 de novembro, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) condenou o cantor Victor a 18 dias de prisão em regime aberto e multa de R$ 20 mil. A defesa do artista recorreu da decisão.

Publicidade

No Twitter, a cantora Roberta Miranda postou um vídeo em que faz uma grande crítica ao cantor e à punição que foi imposta a ele.

“Ele mentiu tanto, pediu até para que a coitada da esposa mentisse. Está aí o vídeo (que mostra as agressões). Eu ainda tinha esperança no caráter dele, mas infelizmente foi isso mesmo que todos nós acabamos de ver”, afirmou Roberta.

A cantora seguiu na crítica ao cantor. “Chutar uma esposa grávida, que isso? Que isso? E a pena ser 18 dias, semi-aberto (aberto, na verdade)? A Justiça fazendo isso está realmente dando vazão e incentivando alguns canalhas a fazer o que querem com a mulher”, criticou a artista

Roberta ainda aconselhou às mulheres a reagirem e procurar a delegacia no primeiro grito do homem. Os seguidores de Roberta (ela tem mais de 100 mil no microblog) concordaram com a opinião da cantora. 

“Você, Roberta, disse o quê muitos se calaram por esse monstro ser famoso. Deu sua cara a tapa! Não esquece que te amo”, escreveu uma seguidora.

Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!