in

Homem cuida da esposa que está há 12 anos em estado vegetativo; história é de fazer chorar

Reprodução: Viva Bem - UOL
Publicidade

Grande parte da sociedade costuma estereotipar certos momentos da vida, considerados marcantes para os indivíduos, como a gestação e o matrimônio. Criando assim, uma falsa imagem do que seria o ideal, gerando infelicidade em muitas pessoas por não se encaixarem nos padrões.

Diferentemente de um conto de fadas, a maioria das histórias de amor pós-casamento não termina com o típico felizes para sempre. Sendo as dificuldades e diferenças as principais responsáveis por unir ainda mais os casais.

É o que pode ser constatado com a emocionante história do servidor público Adílio Bezerra, de 54 anos. Em 2007, sua esposa Gláucia foi vítima de um acidente vascular cerebral, responsável por deixá-la em estado vegetativo persistente e, desde então, a relação do casal mudou completamente.

Publicidade

Em um depoimento extremamente emocionante para o Viva Bem, do UOL, Adílio revelou como vêm cuidando de sua esposa e disse que nunca irá perder as esperanças em relação a uma possível reversão do estado vegetativo. Tendo esta hipótese, sido descartada pela medicina, mas não pelo marido, que considera o fato de Gláucia estar viva um verdadeiro milagre. 

Publicidade

Adílio destacou que os dois filhos também ajudam a cuidar da mãe, auxiliando em tarefas como o banho diário. Em uma parte comovente do depoimento, o servidor revelou como interage com a esposa, mesmo sabendo que ela não pode respondê-lo: “Quando ela acorda, eu digo bom dia, falo qual a data, dia da semana, ano, se ela vai receber alguma visita”.

Além de todos os cuidados essenciais, Adílio também se preocupa com a vaidade da esposa. O servidor contou que corta o cabelo e as unhas de Gláucia, faz depilação e passa protetor labial, segundo ele, a pele de sua eterna mulher continua bela como a de um bebê.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade