in

Flamengo pode perder peça fundamental em 2019 por R$ 135 milhões

Divulgação Flamengo
Publicidade

O Flamengo trabalha para reforçar a equipe para 2020. A temporada será bastante cheia e o rubro-negro disputará Campeonato Carioca, Copa do Brasil, Copa Libertadores da América e Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Se tudo der certo, como a torcida e o clube esperam, o Flamengo volta a jogar o Mundial de Clubes no fim do ano. O caminho até lá não será fácil, afinal de contas, o Flamengo será o time a ser batido em 2020.

Publicidade

Enquanto se reforça com as chegadas de nomes como Pedro Rocha e Thiago Maia, o Flamengo também tenta se reforçar impedindo que peças importantes deixe a equipe.

A bola da vez é o volante Gérson. O jogador interessaria ao Tottenham, da Inglaterra. Em um primeiro contato, o clube inglês ouviu que o Flamengo não aceita negociar o jogador por menos de 30 milhões de euros (equivalente a R$ 135 milhões).

Publicidade

O contrato de Gérson com o Flamengo vence apenas em 2023. O volante de 22 anos foi revelado pelo Fluminense em 2014, depois acabou vendido à Roma, da Itália. No país, ele passou também pela Fiorentina, por empréstimo, até ser contratado pelo Flamengo e cair como uma luva no time de Jorge Jesus.

Gerson é uma peça fundamental do meio-campo. Ele é o desafogo entre defesa e meio porque tem qualidade para sair jogando. Para muitos, ele é uma das peças principais no time de Jorge Jesus.

Sem ele, o Flamengo perderia muito em qualidade de passe no meio. Além disso, Gerson e Willian Arão se completam. Perder um jogador como Gerson seria muito difícil de repor, mas talvez o Flamengo já estivesse pensando nessa possibilidade ao contratar Thiago Maia.

Publicidade

Leia Também

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.