in

Grêmio e São Paulo travam batalha para contratação de atacante do futebol estrangeiro

Gazeta Esportiva / MSN / Montagem: Rafael Lessa
Publicidade

A janela de transferência para a próxima temporada segue movimentada, e os clubes procuram reforçar o elenco para obter bons resultados nesse ano que se inicia. Visando a melhora do setor ofensivo, o São Paulo e o Grêmio deverão travar uma disputa para trazer um atacante que já teria tido passagem pelas duas equipes.

Depois de jogar seis temporadas no futebol chinês, o atacante Aloísio, popularmente conhecido pelo apelido de Boi bandido, deverá ter seu retorno encaminhado ao Brasil, visto que seus representantes estariam divulgando uma oferta para alguns times brasileiros.

Publicidade

A princípio, dois clubes largariam na frente, o Imortal e o Tricolor Paulista, dois clubes que o atleta já teve passagem aqui no Brasil. O jogador atua como centroavante na Superliga Chinesa, e sendo assim, seria uma boa alternativa para o Grêmio, que está procurando um atleta de área para integrar o plantel.

Publicidade

Já no São Paulo, o jogador se encaixaria bem, pois o time comandado por Fernando Diniz não conseguiu até o momento ver uma boa sequência de Alexandre Pato, e nem de Pablo, que deixaram a desejar e se ausentaram por causa de lesões na temporada 2019.

No momento, Aloísio joga pelo Guangzhou Evergrande, e tem passagem em mais dois clubes chineses, sendo eles o Shandong Luneng e o Hebei Fortune. Além disso, no Brasil, também defendeu a camisa da Chapecoense, do Caxias-RS e também do Figueirense. No último ano, balançou as redes 10 vezes em 25 partidas que disputou. 

O atacante teve sua estreia no futebol profissional pelo time do Grêmio, no ano de 2007, e, atualmente, está com 31 anos de idade.

Publicidade

Inscreva-se em nosso canal no YouTube e fique por dentro de tudo o que acontece. CLIQUE AQUI

Publicidade
Rafael

Escrito por Rafael

Rafael Ferreira é um escritor apaixonado por jornalismo. Gosta de redigir notícias, levando entretenimento e cultura para seus leitores. Sinta-se à vontade para entrar em contato: rafael_ferreira_@live.com